Aleatoriedades 02 – Metade do ano se foi

Há muito tempo que eu não tinha a sensação de que o tempo está passando devagar. Os últimos anos, para mim, passaram voando (mesmo com pandemia, mesmo ficando dentro de casa em uma repetição eterna de dias iguais). Mas 2022 está diferente, parece que o tempo está rastejando, o que não quer dizer que é uma sensação totalmente boa.

Por um lado é legal, significa que não estou tão no automático assim a ponto de não perceber o tempo passar. Por outro, é cansativo porque me sinto como se o primeiro semestre tivesse durado dois anos, pois tanta coisa aconteceu, foram tantas emoções para lidar, tantas decisões para tomar, tanta coisa para fazer…

Esses dias meu esposo me disse: “começou o fim do ano”. Eu falei: “tá doido? É só julho”. E ele: “ué, mas é daqui pro final, o tempo não vai voltar”.

O tempo não vai voltar.

Essa frase costuma vir cheia de motivação para você agarrar as oportunidades com unhas e dentes, não deixar de fazer algo para não se arrepender depois, colocar seus planos em prática etc. Mas não foi esse o objetivo do meu esposo, ele só fez uma observação lógica sobre o assunto (ele é da área de exatas, esse tipo de coisa acontece o tempo todo nas nossas conversas).

Não gosto de discursos motivadores, em mim causam efeito contrário, mas fiquei com essa frase na cabeça. Porém, não esperem agora um relato sobre como estou animada e cheia de planos para o segundo semestre, apenas ando refletindo sobre como tenho usado meu tempo ultimamente e devo dizer que, em alguns casos, estou desperdiçando como se ele estivesse sobrando. O tempo nunca sobra, a gente é que o ocupa de acordo com nossas prioridades.


Contei aqui para vocês que tinha trancado o semestre da faculdade, porque precisava parar um pouco. Confesso que estou sentindo falta das aulas, mas não sinto falta da rotina de estudar à noite depois de um dia inteiro trabalhando ou de ocupar meus finais de semana fazendo os trabalhos das matérias. Então a mistura de sentimentos é: “que curso maravilhoso” com “quero acabar logo!”.

Prometi que vinha falar sobre como está sendo estudar Letras e vou fazer isso em breve, antes das aulas voltarem. Porque, sim, já destranquei o curso e vou voltar no segundo semestre. As aulas retornam na segunda quinzena de agosto. Talvez teria sido inteligente voltar só no próximo ano, mas o sentimento de “quero acabar logo” falou mais alto.


Li pouco no primeiro semestre. Culpo a exaustão mental, eu simplesmente não queria pensar. Também não estava conseguindo me concentrar direito em nada. Por outro lado, assisti muitos filmes, coisa que não fazia há bastante tempo, em parte, por estar presa às narrativas das séries.

Tenho pensado sobre como a narrativa de séries tem nos atrapalhado a ter paciência com um filme ou um livro. São episódios curtos, tudo acontece muito rápido e, para quem gosta de maratonar séries (não é o meu caso), tudo passa ainda mais rápido. Não li nada sobre o assunto, mas vou pesquisar depois. Inclusive, se alguém tiver indicação de leituras e discussões sobre esse tema, me diga, por favor. Vocês também têm essa impressão? Ah, vale dizer que culpo as redes sociais também, mas esse é outro assunto.

Pois então, comecei a pensar sobre isso porque estava com essa sensação de desânimo, falta de concentração e impaciência. Ao verificar que um filme demoraria duas horas, me desanimava. Mas nos últimos dois meses me forcei a ver filmes, o que parece que ajudou um pouquinho na calmaria da minha mente e, consequentemente, a voltar minha atenção para os livros.

No momento, estou lendo um livro de coautoria da minha irmã, que é esse aqui:

É o primeiro livro que ela publicou e estamos transbordando orgulho! A Mariana também é uma leitora voraz e uma ótima escritora!

Assim que eu acabar de ler, vou vir aqui comentar sobre ele, mas se alguém tiver interesse, já pode encontrar para comprar nos lugares que vou colocar abaixo. Também dá para comprar diretamente com ela ou comigo, é só me falar.

Versão e-book: comprar AQUI. Se você for assinante do Kindle Unlimited, consegue ler de graça.

Versão física: está em promoção AQUI. Ou fala comigo que posso intermediar a venda com minha irmã.


É isso, pessoal! Espero que estejam bem e que essa segunda metade do ano seja mais generosa com todas(os)!

Até mais ler!

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s