Desafio literário: dezembro – 2018: Toni Morrison

Oi, pessoas!

Continuamos nossa viagem no tempo para finalizar as publicações do meu desafio literário de 2018. Dezembro teria sido o mês da leitura de Amada, da Toni Morrison. Digo que teria sido porque, na verdade, fui ler esse livro apenas no segundo semestre de 2019. Foi o único que ficou faltando na época e, coincidentemente, apareceu como leitura obrigatória da matéria Introdução aos Estudos Literários, que cursei em 2019 na faculdade. Foi minha grande chance de tirar o atraso e foi bem legal porque não apenas li a obra, também tive aulas sobre ela e acabei fazendo um trabalho de final de curso que a envolvia. O trabalho, na verdade, foi sobre outro livro da Morisson, chamado Compaixão. Mas foi impossível não fazer relações entre os dois.

Isso significa que as publicações do último mês desse desafio serão diferentes. No próximo post vou falar um pouco sobre Amada, usando as anotações que fiz na época. Depois, seguindo a ideia de publicar alguns trabalhos das matérias de literatura que tenho cursado, vou compartilhar meu trabalho sobre Compaixão. Espero que a overdose de Toni Morisson animem vocês a lerem tudo o que puderem dessa escritora incrível.

Para quem não conhece nada sobre Toni Morrison, ela é um dos grandes nomes da literatura estadunidense. Foi a primeira escritora negra a receber o prêmio Nobel de literatura, mas não foi o único prêmo que recebeu por causa de suas obras, que já são verdadeiras referências da Literatura. Em seus livros, Morrison aborda temas como a escravidão, a mulher negra, a maternidade, o trauma… Além de escritora, Morrison trabalhou como editora durante muitos anos e cumpriu um papel muito importante na publicação e divulgação de outras(os) escritoras(es) negras(os), como Angela Davis, Chinua Achebe, entre outros.

Toni Morrison. Imagem de divulgação – Companhia das Letras

Escolhi Morrison para esse desafio porque nunca havia lido nenhuma de suas obras, mas estava na lista eterna de próximas leituras. A fama da autora acabou chegando para mim antes de suas histórias e, após ler Amada e Compaixão, pude entender por que ela é tão aclamada. Nunca li nada que fosse minimamente parecido com o jeito que ela escreve. É incrível. Sei que vocês também vão gostar muito, se chegarem a ler.

Na próxima publicação volto, então, para falar um pouco sobre Amada. Espero por vocês!

Até mais ler!


2 comentários sobre “Desafio literário: dezembro – 2018: Toni Morrison

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s